Depois de virarem notícia no jornal The New York Times e também no britânico Daily Mail, os diretores da Erotikaland, a Disney do sexo, divulgaram os primeiros croquis dos brinquedos. O primeiro parque erótico do Brasil deverá ser inaugurado em 2018 na região de Piracicaba, a duas horas de carro da capital, e terá atrações, como demonstram as imagens, com formatos explícitos (as ilustrações divulgadas nesta matéria são as “publicáveis”).

Haverá também uma piscina de nudismo, com chafarizes em formato de seios

“Se a pessoa passar o dia lá dentro vai sair com outra mentalidade, sem pudores e restrições”, garante Mauro Morata, um dos idealizadores. “Teremos restaurantes com pratos afrodisíacos, esculturas gigantes, hotel e brinquedos a exemplo de roda gigante, montanha-russa e trem-fantasma onde cada parada vai mostrar posições do kama sutra.” Também existirá uma área exclusiva para palestras e debates sobre temas ligados à sexualidade.

O gira-gira em grandes copos de coquetel

Morata afirma ainda que a Erotikaland terá regras. Cada brinquedo trará uma condição de uso. Além disso, os casais não poderão de jeito nenhum ter relações sexuais nas dependências do parque. Quem quiser fazer sexo deverá usar o hotel construído dentro do próprio espaço.

 

A área do parque é de 150 000 metros quadrados e, segundo Morata, há conversas com investidores estrangeiros que desejam financiar a outra parte do projeto, com orçamento estimado em 80 milhões de reais.

Espaço para garotas de camiseta molhada - Cópia

Conheça a seguir as principais atrações:

Cinema 7D: essa tecnologia já existe em alguns parques de diversões do país. Durante a projeção, as cadeiras e o ambiente transmitem as sensações do filme à plateia, como calor, frio e vibrações.

Roda gigante: em vez de cadeiras, haverá cabines fechadas, cobertas com um material que permite ver a paisagem, mas sem ser visto.

Trem dos prazeres: um “trem-fantasma erótico”, mas no lugar das assombrações, haverá go-go boys e go-go girls.

Hotel: o usuário poderá se hospedar no local por um dia ou por algumas horas, como um motel. Também terá centro de convenções.

Museu erótico: segue a linha de parques como o Love Land, na Coreia do Sul. Vai abrigar uma exposição permanente de arte erótica, além disso, algumas esculturas decorarão o local.

Parque aquático: uma atração temática com toboáguas e brinquedos surpreendentes.

Erotic games: nos moldes do Playland, mas com jogos eróticos.