Funciona assim: 15 dias usando a bike como meio de transporte para ir ao trabalho = 1 dia de folga no mês.

Depois de Pernambuco lançar a moda, a matemática passou a fazer parte também da vida dos funcionários que atuam na Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação de Salvador.

Para ganhar o benefício, os funcionários devem juntar (no mês!) 15 atestados, assinados por fiscal regulamentado, que comprovam que foram ao escritório de bike. Os documentos devem então ser encaminhados à Coordenadoria Administrativa da Secretaria até o quinto dia útil do mês seguinte. Se a papelada estiver ok, o abono é autorizado e combinado com o chefe direto do colaborador.

A ideia é incentivar que cada vez mais pessoas optem pela bike como meio de transporte diário e deixem seus carros em casa, garantindo menos trânsito e poluição na cidade.

Estrutura

Salvador construiu mais de 130 quilômetros de ciclofaixas, ciclorotas e ciclovias e implementou o programa Vai de Bike, que espalhou estações de bikes compartilhadas por diversos pontos da capital baiana.

[banner caption_position=”bottom” theme=”default_style” height=”auto” width=”100_percent” group=”loja1″ count=”-1″ transition=”fade” timer=”4000″ auto_height=”0″ show_caption=”1″ show_cta_button=”1″ use_image_tag=”1″]